!! Bem-vindos !!

Eu sou Andre Brasil, atleta da Seleção Paraolímpica Brasileira de Natação, categoria S10. ( Foto: Beto Monteiro)

segunda-feira, 15 de setembro de 2008

Andre Brasil: quatro medalhas de ouro, uma de prata, três recordes mundiais e dois paraolímpicos

Das seis provas individuais, o atleta só ficou de fora no pódio nos 100m costas

Segunda-feira, 15 de setembro de 2008 – Andre Brasil, atleta da Seleção Brasileira de Natação Paraolímpica (categoria S10 por seqüela de Poliomielite na perna esquerda) encerrou nesta manhã sua participação nos Jogos Paraolímpicos de Pequim com quatro medalhas de ouro, uma de prata, dois recordes paraolímpicos e três recordes mundiais.

Essa trilha bem sucedida em Pequim começou no dia 7 de setembro quando o atleta caiu nas águas para disputar as eliminatória para a final dos 100m borboleta em sua primeira Paraolimpíada. Andre Brasil chegava em primeiro lugar quebrando recorde paraolímpico com o tempo de 59s13.

Na final dos 100m borboleta veio o primeiro ouro paraolímpico da carreira do atleta e a quebra de mais um recorde, agora o mundial, que já era dele, com o tempo de 56s47.

O ótimo desempenho nas duas primeiras provas deixou o atleta mais confiante e obstinado a ganhar mais ouros e novos recordes. E foi isto o que aconteceu na final dos 100m livre, na qual Andre Brasil subiu ao ponto mais alto do pódio com mais um recorde mundial ao finalizar a prova em 51s38. O atleta nesta prova também já era detentor do recorde mundial com o antigo tempo de 52s22.

Sua terceira prova individual foi com os 200m medley, na qual, o atleta surpreendeu seus adversários ao chegar em segundo lugar em 2min20s40 e garantir a prata em uma modalidade em que ele não era considerado um dos favoritos ao pódio.

Andre Brasil não teve a mesma sorte nos 100m costa mais uma prova que não é considerada o forte do atleta. Mesmo assim, Andre Brasil garantiu o quarto lugar com o tempo de 1min03s63.

A volta ao pódio aconteceu nos 50m livre, uma das especialidades do atleta, que conclui a prova aos 23s61 garantindo com isso a quebra do recorde mundial, o qual já detinha, e mais uma medalha de ouro.

Para concluir de forma brilhante sua participação individual nos Jogos Paraolímpicos, Andre Brasil subiu ao pódio mais uma vez nos 400m livre para receber sua quarta medalha de ouro obtida com o recorde paraolímpico em 4min05s84.

“A avaliação que eu faço destas Paraolimpíadas é ótima. Consegui melhorar meus tempos e ganhar medalhas inéditas na minha trajetória. Tudo isto foi resultado de um trabalho forte com o meu técnico Marco Veiga, além do apoio que recebi dos meus patrocinadores o IBDD, a Loterias Caixas, ao Comitê Paraolímpico, a LG Security System e o Esporte Clube Pinheiros que me deram condições para que eu pudesse me dedicar por inteiro ao esporte e viver dele”, destaca Andre Brasil.

Revezamento
Já com a equipe brasileira de Natação Paraolímpica, o atleta não conseguiu trazer medalhas para o Brasil. Nos 4X100m livre, a equipe formada por Mauro Brasil (S9), Daniel Dias (S5), Phelipe Rodrigues (S10) e Andre Brasil (S10) ficou em quarto lugar na final com o tempo de 3min55s78.

Em sua segunda e última prova em equipe, o 4X100m medley, Andre Brasil, juntamente com Daniel Dias (S5), André Brasil (S10), Marcelo Collet (S10) e Rodrigues Phelipe (S10) chegou em oitavo lugar em 4min40s01.

Informações para a imprensa: Vanessa Gianellini Assessoria de Comunicação
Jornalistas: Vanessa Gianellini e Marina Bonini
Tels. (11) 3486.1612 - (11) 8222.7297 – (11) 8724.4436
E-mail: vanessa@vanessa.jor.br / marina@vanessa.jor.br

Um comentário: